terça-feira, 31 de maio de 2011

Tabagismo é doença e continua matando


Estimativas revelam que, por ano, mais de cinco milhões de pessoas no mundo morrem em decorrência de doenças provocadas pelo cigarro. Alguns países, no entanto, vêm conseguindo reverter tal índice graças a campanhas efetivas de combate ao fumo.

No Brasil, segundo dados do Vigitel, pesquisa do Ministério da Saúde, nos últimos cinco anos, a proporção de fumantes na população brasileira caiu de 16,2% para 15,1%, com redução mais expressiva entre os homens.

De acordo com o pneumologista da Divisão de Controle de Tabagismo do INCA, Ricardo Meirelles, a queda comprova uma mudança na forma de pensar do brasileiro. "Em 2008 foi feita uma pesquisa em todo o país que mostrou uma prevalência de fumantes adultos em torno de 17%. Em 1989 essa prevalência era de 32%. Então o número de fumantes no Brasil está percentualmente caindo." Para o médico, o brasileiro está consciente de que o tabagismo é uma doença que visivelmente não é bom pra ele. "Nós temos uma pesquisa que mostra que 80 por cento dos brasileiros querem parar de fumar.", afirma Meirelles.

Nesta terça-feira, 31 de maio, é comemorado o Dia Mundial Sem Tabaco, data criada pela OMS para alertar a população sobre os riscos à saúde provocados pelo cigarro. Ricardo Meirelles, do INCA, reforça o alerta:
"Tabagismo é uma doença, é uma dependência à nicotina. A nicotina é uma droga, que age no cérebro como se fosse cocaína, heroína, maconha, crack, etc, e nós sabemos que, quanto mais tempo ele fumar, quanto mais cigarros ele fumar, mais chances ele vai ter de adoecer."

O pneumologista Ricardo Meirelles lembra também que a rede do Sistema Único de Saúde oferece tratamento gratuito contra o tabagismo em todo o Brasil. Para mais informações, basta ligar para o DISQUE PARE DE FUMAR no número: 0 800 703 70 33, ou então, acessar o site: www.inca.gov.br.

Fonte: agência do rádio

Um comentário:

  1. Daiane Machado Pereira27 de junho de 2012 10:38

    Pra que se matar desse jeito? gente poe a mao na consiencia, e pare de fumar tenho 14 anos mas ja tenho maturidade o bastante pra saber que nao precisamos disso
    se liguem!!!

    ResponderExcluir